Página Inicial » Emprego » Compensações » Guia do Subsídio por Doença Profissional em Portugal
a

Guia do Subsídio por Doença Profissional em Portugal

Por IntFormalities
Atualizado em 2 Fevereiro 2024
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Proteção Financeira: Incapacidade Temporária no Trabalho

Em um cenário laboral onde os trabalhadores enfrentam diversas adversidades, a proteção social se torna uma âncora fundamental para garantir não apenas a estabilidade financeira, mas também o bem-estar físico e mental da força de trabalho. Entre os mecanismos essenciais nesse contexto, destacam-se os subsídios, como o Subsídio por Doença Profissional, peça-chave no sistema de segurança social em Portugal, como veremos neste artigo.

Solicite o subsídio por doença profissional que garante segurança financeira aos afetados.
Solicite o subsídio por doença profissional que garante segurança financeira aos afetados.

O que é o subsídio por doença profissional

A Incapacidade Temporária por Doença Profissional é um benefício pago em dinheiro a trabalhadores suspeitos de terem adquirido uma doença relacionada ao seu ambiente de trabalho. Este benefício é concedido durante um período limitado, cobrindo a perda ou redução da capacidade de trabalho ou ganho resultante da referida doença.

O subsídio por doença profissional é vital para proporcionar segurança financeira aos trabalhadores afetados, permitindo-lhes recuperar adequadamente antes de retornarem ao trabalho. Sua implementação visa garantir que os trabalhadores não sejam prejudicados financeiramente devido a condições profissionais adversas.

Diferença entre incapacidade temporária absoluta e incapacidade temporária parcial

A distinção entre esses dois estados refere-se à extensão da incapacidade do trabalhador. A Incapacidade Temporária Absoluta ocorre quando o trabalhador não pode desempenhar suas funções laborais, enquanto a Incapacidade Temporária Parcial indica uma redução nas atividades laborais, conforme indicado pelo médico do Departamento de Proteção contra Riscos Profissionais (DPRP).

Diferença entre subsídio por doença profissional, pensão por doença profissional e acidente de trabalho

Ao contrário do subsídio por doença profissional, que é temporário, a pensão por doença profissional é concedida quando a incapacidade se torna permanente. Além disso, é crucial diferenciar a doença profissional de um acidente de trabalho, pois o primeiro está relacionado a condições laborais específicas, enquanto o último ocorre de forma súbita durante o exercício das funções.

O que você pode receber e por quanto tempo

A quantia recebida depende do tipo de incapacidade. Na incapacidade temporária absoluta, o trabalhador recebe 70% da remuneração de referência nos primeiros 12 meses e 75% da remuneração daí em diante. Na incapacidade temporária parcial, o valor é calculado com base na redução da capacidade de ganho, sendo 70% desse valor.

Quem tem direito

Têm direito os trabalhadores por conta de outrem, trabalhadores independentes, trabalhadores domésticos e aqueles inscritos no Seguro Social Voluntário.

Poderá também estar interessado no nosso artigo sobre o subsídio por risco clínico na gravidez.

Como solicitar o subsídio

Para solicitar, é necessário que todos os formulários e documentos sejam entregues no Departamento de Proteção contra os Riscos Profissionais (DPRP). É preciso possuir um Certificado de Incapacidade Temporária (CIT) emitido pelo Serviço Nacional de Saúde, além dos formulários GDP13-DGSS, GDP12-DGSS, e 141.10. 

Após aprovação, os pagamentos podem ser recebidos por transferência bancária ou vale postal

Você pode receber outros benefícios junto com ele?

É possível acumular a Incapacidade Temporária por Doença Profissional com benefícios como a Pensão de Invalidez, Pensão por IPP, e Pensão por Incapacidade Permanente Absoluta para o Trabalho Habitual, em determinadas condições.

Você pode perder o seu direito?

O direito ao subsídio pode ser perdido caso o trabalhador receba Subsídio de Desemprego, Subsídio de Doença simultaneamente ou caso a incapacidade seja considerada permanente.

É possível ainda receber o subsídio por doença profissional mais de uma vez, dependendo da natureza da doença e das circunstâncias individuais.

Garantindo a saúde e bem-estar no ambiente de trabalho

Em síntese, o subsídio por doença profissional é uma peça fundamental no sistema de proteção social em Portugal, oferecendo suporte financeiro a trabalhadores temporariamente incapacitados devido a condições laborais adversas. Este benefício não apenas assegura a estabilidade financeira dos trabalhadores durante o período de recuperação, mas também destaca a importância de políticas que visam garantir a saúde e bem-estar no ambiente de trabalho

Partilhar esta publicação

Também pode gostar...

Contacte-nos ...

Gostaria de nos contactar?

Estamos à sua disposição …

Clique abaixo para aceder ao nosso formulário de contacto.

Contacte-nos