Emprego » Apoios a Empresas » Empreendedorismo online: como abrir empresa

Empreendedorismo online: como abrir empresa

Por IntFormalities
Atualizado em 23 Fevereiro 2024
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Nos dias de hoje, a criação de uma empresa online em Portugal tornou-se mais acessível do que nunca, graças ao serviço inovador oferecido pelo ‘Empresa Online’. Este serviço permite aos empreendedores constituir sociedades comerciais e civis sob a forma comercial de maneira fácil e conveniente, eliminando a necessidade de deslocações físicas aos balcões. Por isso, neste artigo, vamos explorar o processo, vantagens, requisitos legais e tudo o que precisa de saber para transformar a sua ideia de negócio em realidade.

Abrir empresa online de forma simples e eficaz com menos burocracia pelo serviço “Empresa Online”.
Em Portugal o número de empreendedores cresceu aproximadamente 86 em três anos segundo o estudo Global Entrepreneurship Monitor

O processo de criação de uma empresa online em Portugal

O processo de criação de uma empresa online em Portugal é facilitado pelo serviço ‘Empresa Online’, que oferece a conveniência de iniciar uma sociedade por quotas, unipessoal por quotas ou anónima. Escolher a estrutura jurídica adequada é crucial e depende da natureza do negócio. Cada tipo tem implicações diferentes em termos de responsabilidade, gestão e tributação.

Esse serviço está acessível a cidadãos com Cartão de Cidadão ou Chave Móvel Digital ativada, bem como a profissionais como advogados, notários e solicitadores, que possuam o certificado digital da sua profissão.

Vantagens desta abordagem digital

A abordagem digital para criar uma empresa proporciona vantagens significativas. Elimina a necessidade de deslocações físicas, permitindo que o empreendedor inicie o processo a qualquer hora e em qualquer lugar. Além disso, o serviço ‘Empresa Online’ simplifica a burocracia, tornando o processo mais eficiente e rápido.

Como registar uma empresa online: passo a passo

O registro de uma empresa online pode ser feito através do portal ePortugal ou usando o ‘Empresa Online 2.0’. Para utilizar o ePortugal, é necessário autenticar-se com a Chave Móvel Digital ou Cartão de Cidadão, inserir as informações necessárias, escolher um nome para a empresa, preencher detalhes sobre a empresa e as pessoas/entidades envolvidas, assinar eletronicamente o pacto social e efetuar o pagamento.

Em geral, não são necessários documentos instrutórios para a constituição da sociedade, desde que o pacto social contenha todos os elementos exigidos por lei. No entanto, em casos específicos, podem ser solicitados documentos como declaração de aceitação dos Revisores Oficiais de Contas (ROC) e declaração do detentor do controle efetivo da sociedade.

Custos de criar uma empresa online

Os custos para criar uma empresa online em Portugal dependem do tipo de pacto social escolhido. O valor varia entre 220 euros, no caso de um modelo pré-aprovado, e 360 euros, para um pacto social elaborado pelos sócios

Adicionalmente, se a empresa tiver uma marca associada, serão somados 100 euros, com custos adicionais por cada classe.

Desafios comuns ao criar uma empresa online em Portugal

Apesar da praticidade proporcionada pelo processo online, empreendedores enfrentam desafios inerentes à criação de empresas em Portugal. Manter-se atualizado frente às regulamentações em constante evolução é vital

A garantia da precisão da documentação é uma peça-chave para evitar entraves. Compreender as responsabilidades legais, não apenas no ato do registo, mas ao longo do funcionamento, é crucial. 

Além disso, em um cenário digital dinâmico, adaptar-se às mudanças operacionais e aos desafios do mercado online é essencial para o sucesso contínuo da empresa. Estar ciente desses desafios é o primeiro passo para superá-los de maneira eficaz.

Uma jornada acessível e eficiente

Em resumo, criar negócios online em Portugal por meio do serviço ‘Empresa Online’ é uma jornada acessível e eficiente, eliminando barreiras físicas e simplificando a burocracia. As vantagens desta abordagem digital são evidentes, permitindo aos empreendedores iniciar sociedades comerciais e civis com facilidade, a qualquer hora e em qualquer lugar. 

Ao seguir o processo passo a passo, desde a autenticação no ePortugal até a assinatura eletrônica do pacto social, os empresários podem antecipar um registo oficial após a conclusão bem-sucedida de todas as etapas. 

Os custos associados variam conforme o tipo de pacto social escolhido. Contudo, é crucial estar ciente dos desafios comuns e permanecer atualizado sobre as regulamentações, garantindo assim uma transição suave para a vida empresarial digital em Portugal.

Partilhar esta publicação

Também pode gostar...

Contacte-nos ...

Gostaria de nos contactar?

Estamos à sua disposição …

Clique abaixo para aceder ao nosso formulário de contacto.

Contacte-nos